Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > O Cefor
Início do conteúdo da página

Institucional

Publicado: Segunda, 04 de Julho de 2016, 13h42 | Última atualização em Quinta, 28 de Setembro de 2017, 17h25

Histórico

2014

· Em 11 agosto de 2014 o Cead passou a ser denominado Centro de Referência em Formação e em Educação a Distância – Cefor.
· Implantação do curso Complementação Pedagógica em 6 polos, 300 vagas.

 

2ª oferta dos cursos:
- Pós-graduação em Gestão Pública em 5 polos, 250 vagas;


- Técnico em Administração em 6 polos, 312 vagas.

 

5ª oferta dos cursos:Técnico em Informática em 7 polos, 364 vagas;

- Pós-graduação em Educação para Jovens e Adultos (EJA) em 5 polos, 150 vagas;

- Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica (EPT) em 5 polos, 150 vagas;

- Pós-graduação em Informática na Educação em 5 polos, 150 vagas.

 

2013

Implantação do curso Técnico em Administração em 4 polos, 260 vagas.

3ª oferta dos cursos:
- TADS em 10 polos, 277 vagas;

- Licenciatura em Informática em 4 polos, 136 vagas.

 

4ª oferta dos cursos:
- Técnico em Informática em 7 polos, 364 vagas;

- Pós-graduação em Educação para Jovens e Adultos (EJA) em 5 polos, 150 vagas;

- Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica (EPT) em 5 polos, 150 vagas;

- Pós-graduação em Informática na Educação em 4 polos, 160 vagas.

 

4ª oferta do curso Técnico em Informática em 7 polos, 364 vagas.
- Implantação do curso Pós-graduação em Gestão Pública em 5 polos, 250 vagas.

 

2012

Implantação do curso Licenciatura em Letras Português em 6 polos, 162 vagas.

3ª oferta dos cursos:
- Pós-graduação em EPT, em 5 polos, 150 alunos;

- Pós-graduação em EJA,em 5 polos, 150 alunos;

- Pós-graduação em Informática na Educação em 4 polos, 160 alunos;

- Pós-graduação em GPM em 6 polos, 240 alunos; TADS em 9 polos, 315 alunos;

- Técnico em Informática em 8 polos, 400 vagas.

 

2011

2ª oferta dos cursos:
- Técnico em Informática, 6 polos, 300 vagas;

- Licenciatura em Informática, 9 polos, 315 vagas;

- Pós-graduação em EJA, em 6 polos, 300 vagas;
- Pós-graduação em EPT, em 5 polos, 250 vagas;

- Pós-graduação em GPM em 15 polos, 600 vagas;

- Pós-graduação em Informática na Educação em 5 polos, 250 vagas.

 

2010

Implantação dos Cursos:
- Pós-graduação em Educação para Jovens e Adultos (EJA) em 4 polos, 120 vagas;

- Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica (EPT) em 3 polos, 90 vagas;

- Pós-graduação em Gestão Pública Municipal (GPM) em 10 polos, 420 vagas;

- Pós-graduação em Informática na Educação em 4 polos, 120 vagas.

 

2009

2ª oferta do curso TADS em 13 polos, 280 vagas.


Implantação dos cursos:

- Técnico em Informática em 1 polo, 50 vagas;

- Licenciatura em Informática em 9 polos, 270 vagas.

 

2008

· Passamos a trabalhar também com cursos técnicos a distância, pela e-Tec.
· O Cefetes e as agrotécnicas se uniram e formaram o Ifes.

Preparação dos cursos:
- Técnico em Informática;

- Licenciatura em Informática.

 

2007

· Capacitação da equipe do CEAD.
· Implantação do curso Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistema (TADS) em 13 polos, 320 vagas.

 

2006

· Planejamento do curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e início da articulação de novos cursos superiores a distância.
· Foi criado o Centro de Educação a Distância (CEAD).

 

2005

Submissão do curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas ao primeiro edital da UAB (Universidade Aberta do Brasil).

 

2004

A primeira iniciativa de EaD no Ifes, com a Criação do projeto pedagógico de EaD.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página