Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Cefor define pautas no projeto Reitoria Itinerante
Início do conteúdo da página

Cefor define pautas no projeto Reitoria Itinerante

Publicado: Sexta, 06 de Julho de 2018, 08h59 | Última atualização em Segunda, 09 de Julho de 2018, 09h53

O Centro de Referência em Formação e em Educação a Distância (Cefor) recebeu nesta quinta-feira, 05 de julho, o projeto Reitoria Itinerante, para uma reunião com líderes de turma (Grêmio e CA) e com a equipe do Cefor. O intuito da reunião foi listar todas as demandas da Unidade que podem ser resolvidas ou encaminhadas pela Reitoria. Cada grupo elencou um conjunto de pontos, dos quais cinco em cada grupo foram priorizados. O Cefor faz parte da Rota 6 do projeto, que também é composta pela Reitoria, Polo de Inovação Vitória/Polo Embrapii.

Durante a reunião, o coordenador do projeto, o servidor Dennis Cazeli Ferreira, conduziu o grupo formado pela diretora do Cefor, Vanessa Battestin Nunes, os docentes, técnicos administrativos e demais coordenadores dos setores do Centro de Referência, além dos líderes e alunos de turma.

Foram definidos cinco pontos considerados prioritários para atender as demandas da Unidade. No ponto de vista dos alunos é indispensável viabilizar junto aos órgãos estaduais e municipais, licença para que os alunos do Programa de Pós-Graduação Educimat possam realizar o mestrado com dedicação. Também foi apontado o aumento do número de bolsas e assistência estudantil para os discentes. Por fim, os estudantes solicitaram a construção e que sejam equipados os laboratórios de ensino de Ciências, Matemática e Informática, e a construção/ ativação da cantina.

Já o grupo de professores e técnicos administrativos apresentaram como pontos principais a compra do prédio e a transformação do Cefor em campus, devido ao crescimento e expansão das atividades realizadas no local. Em relação ao quadro de servidores, destacou a necessidade do aumento de vagas de TAE e de CD’s e FG’s, pois há setores com deficit de trabalhadores e coordenações não gratificadas. Ainda no que tange aos servidores administrativos, foi destacada a necessidade de prospecção de capacitação de pós-stricto sensu para esse público. O último item elencado como prioritário foi o recurso de capital para equipar as salas de aulas, laboratórios de ensino da Ciência, Matemática e Informática e a biblioteca.

Outros dois pontos, também foram considerados relevantes, como a aquisição de softwares para o sistema do processo seletivo, backup e licenças da adobe, e articular ações com a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC) em busca de fomento e institucionalização da EaD serão apresentados ao Reitor, uma vez que são demandas que afetam o Ifes como um todo e que possibilitam ao Cefor atender às solicitações do Instituto.

O projeto Reitoria Itinerante está relacionado ao Plano de Governança Ifes 2017-2021. O objetivo é aproximar a gestão (Reitoria) das atividades cotidianas dos campi, com foco resolutivo, atuando de forma colaborativa com a direção-geral de cada campus, de forma a promover o trabalho em rede e uma gestão compartilhada e descentralizada. O projeto é divido em etapas, e nesse primeiro momento, ocorre a reunião preliminar com os campi para levantamento/prospecção da pauta a ser discutida.

Em seguida, a equipe da Reitoria Itinerante se reúne com a gestão do campus para elaboração de um plano de ação, que será cadastrado no Sistema de Gestão Participativa (SGP). Até que aconteça a próxima etapa, o gestor do campus acompanha o desenvolvimento das atividades. O projeto prevê ainda uma quinta e última etapa, quando haverá um novo encontro nos campi já visitados, após 6 meses ou 1 ano, para apresentação da prestação de contas dos assuntos pactuados no encontro anterior.

Saiba mais sobre o projeto no site. 

20180705 114521

20180705 102101

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página